42. Na ficção, é mais fácil odiar.




Um comentário:

Nelma Ladeira disse...

Adorei o texto,é maravilhoso.
Sempre há esperança.
Beijinhos.